Logo Lógico Cursos e Aliados

Estudante no Texas é presa por ultrapassar limite de faltas na escola

Diane Tran, de 17 anos, trabalha em dois empregos para sustentar os irmãos. Ela ainda precisou pagar uma multa

Diane Tran, uma estudante de 17 anos do Texas, precisou passar uma noite na cadeia após ultrapassar o limite de faltas imposto pela legislação local. No estado norte-americano, os alunos não podem faltar mais de dez vezes em seis meses sem uma justificativa. No caso de Diane, o fato de ter dois empregos não convenceu o juiz que cuidou do caso.


De acordo com a imprensa local, a garota trabalha cerca de 14 horas por dia para ajudar a criar os dois irmãos menores e por causa do cansaço faltou às aulas. No entanto, mesmo com o reduzido tempo para os estudos, Diane coleciona boas notas, ressaltam as publicações. "Ela vai aos dois empregos e depois segue para a escola", disse Devin Hill, uma colega de classe de Diane, ao canal KHOU-11. "Ela fica acordada até as sete da manhã para concluir as tarefas de casa."

Após ser alertada por um juiz em abril sobre as faltas, Diane foi presa na quarta-feira (23/05) depois de faltar mais uma vez, precisando pagar também uma multa de 100 dólares. O juiz, Lanny Moriarty, justificou sua decisão: "Se você alivia para um, o que faremos com o resto? Aliviar para eles também?". Uma petição online no site Change.org, assinada por mais de 26 mil pessoas, pede que o juiz reverta a decisão.


Em uma entrevista ao KHOU-11, Diane controu que faz aulas extras de espanhol, álgebra, inglês, além de cursos de História. Os pais da garota se divorciaram há alguns anos. A mãe se mudou para outro estado e, devido aos horários de trabalho do pai, ela e os irmãos vivem com a família dona do bufê de casamento para o qual ela trabalha aos finais de semana.

"Ela é uma aluna nota 10", disse a dona do bufê, Mary Elliot, à rede ABC. "Ela mantém as notas altas, mas às vezes não consegue dormir o suficiente, pois estava trabalhando. Eu compreenderia se fosse o caso de um jovem faltando à escola para vagabundear, se metendo em problemas, usando drogas. Eu entenderia a prisão. Mas não Diane. Tudo o que ela faz é trabalhar e estudar", desabafou.


Fonte: operamundi



MÍDIAS SOCIAIS

SAIBA O QUE ACONTECE NO LÓGICO CURSOS ALIADOS

QUARTEL GENERAL

Lógico Cursos Aliados
Av. Alberto Maranhão, 942
Tirol, Natal/RN

CANAIS DE COMUNICAÇÃO

+55 (84) 3201-3217
contato@logicocursosaliados.com.br

INFORMAÇÕES

SIGA-NOS

Facebook
Instagram